Sabemos da dificuldade em produzir conteúdos literários no Brasil. Mais ainda caso a literatura seja de especulação (fantasia/ficção científica), pois alcança determinados leitores.

Nenhum empecilho impede os escritores apaixonados por este nicho. Desbravando em blogs, canais de mídias sociais ou na busca da publicação tradicional, os aspirantes a escritores traçam caminhos distintos na jornada de compartilhar histórias fantásticas. 

O post de hoje destaca a iniciativa do blog A Taverna, que realizou um concurso literário para a edição de sua primeira revista de contos. Publicada em 2019, selecionaram cinco contos dos inúmeros participantes e capricharam na edição de estreia.

Revista A Taverna: Edição 1 - capa

Os merecedores de ter histórias reconhecidas nesta estreia são: Anna Fagundes Martino, Rubem Cabral, Letícia Copatti, Renan Bernardo e Daniela Almeida.

Arrastou-se por um pântano de pensamentos suicidas  

Um conto de terror, outro de ficção científica e três de fantasia. A variedade também se situa nos cenários e características dos personagens. Os autores aproveitam da premissa elaborada pelos mesmos e constroem a trama com as consequências daquela realidade. Nenhuma capacidade sobre-humana traz apenas maravilhas. Os contos exploram muito bem quais seriam as consequências, seja pelo uso em si ou das circunstâncias levantadas na respectiva história.

Com leituras de dez minutos a meia hora por conto, os organizadores do concurso sabem escolher quem aproveita das poucas palavras e entregam a narrativa coesa, sem faltar detalhes ou impor aspectos desnecessários.

Sorrisos gastavam energias demais  

Adquiri a primeira edição da revista A Taverna como incentivo à iniciativa. Levantei muita expectativa neste trabalho e fiquei satisfeito com o resultado. Torço pelo sucesso e garantia de novas edições. Quem sabe até com versões impressas a venda nas livrarias? A qualidade para tal já está garantida.

Links Externos

Compre a revista 

Conheça o Blog d’A Taverna

Comentários