Esqueça a ideia de nem todo bom escritor não precisa ler livros. Desconheço casos assim, apesar de quase ter a certeza de existir esta raridade. Cansa ver membros de grupos online se agarrarem a essas exceções e torná-las regras. A dádiva da criatividade reservada a escritores inexiste, eles a obtém através das referências lidas e experiências vividas, tudo combinado com muita técnica e inúmeros erros antes do acerto. Ler também é participar do meio onde pretende trabalhar, possibilita a descoberta de autores com quem possa aprender e até ter amizade. A leitura proporciona prazer e jamais deveria ser ignorada.

Para Ler Como Um Escritor oferece dicas aos amantes da leitura a aprender e observar detalhes ocultos a quem apenas lê, e essenciais a aspirantes a escritor ou qualquer profissional literário. Publicado em 2006 por Francine Prose e lançado no Brasil em 2008 pela editora Zahar com tradução de Maria Luiza X. de A. Borges, os onze capítulos demonstram como apreciar os elementos da escrita a partir de trechos transcritos no livro e comentários dos mesmos pela autora.

“Se querermos escrever, faz sentido ler — e ler como um escritor”

Francine Prose leciona o que nos Estados Unidos é chamado de Master of Fine Arts, cuja área abrange cursos artísticos e literários. O livro reflete as aulas delas em como reconhecer as qualidade da escrita a partir da leitura, e para isso seleciona inúmeros trechos de livros como exemplos do assunto principal de cada capítulo. A escolha dos livros é pessoal, por isso nem todos são tão conhecidos, apesar da maioria ser de literatura clássica e escrita há mais de um século. Além da escolha íntima dos livros, Prose reflete a experiência pessoal dela em todo o texto, o livro é baseado no aprendizado prático da leitura e lições apreendidas enquanto lecionava, tudo transparente ao leitor.

O começo apresenta a exposição desleixada da autora, dá a oportunidade de a conhecermos um pouco antes de acompanharmos suas observações competentes no restante do livro. Cada capítulo aborda certo elemento da escrita, seja a escolha de palavras, construção de frases e parágrafos; na concepção dos personagens, detalhes, narrativa, e mais alguns outros. Esses capítulos são compostos de comentários da autora e transcrição de trechos em que ela sugere a leitura atenta, e então ela explica onde ficam os detalhes do elemento correspondente ao capítulo.

“O que não está sendo dito é tão importante quanto o que está”

Todos os exemplos têm a mesma premissa: de reconhecer as qualidades do texto através da leitura atenta — chamado de close reading em inglês. Esqueça a ideia de terminar o livro o quanto antes e pegar o próximo da infinita lista de leituras de todo leitor, o importante é captar a qualidade. Prose nos ajuda a encontrá-la nos trechos selecionados por ela, e seus comentários dão dicas úteis a técnicas de escrita mesmo o foco do livro sendo a leitura. Certos capítulos são engessados, com muitos trechos a ler e muitos comentários a contemplar, exigem além da leitura atenta, também a releitura de absorver melhor os detalhes. Mesmo assim na primeira leitura já possibilita o aprendizado de muitos conselhos na escrita.

Os livros são, na maioria, de literatura estadunidense, inglesa e russa, com capítulo exclusivo das lições tiradas com leituras de Tchekov. Com todas as indicações voltadas ao exterior — incluído a lista de livros sugeridos pela Francine Prose —, esta edição tem o complemento de Italo Moriconi focado nas obras brasileiras. A literatura estrangeira tem a qualidade incontestável, mas é preciso destacar as particularidades da nossa linguagem pelos autores clássicos do Brasil, o que esse posfácio demonstrou muito bem.

Para Ler Como Um Escritor ensina muito enquanto recomenda o uso da leitura atenta. É um baú cheio de textos excelentes de vários livros com indicações de como absorver toda a qualidade desses. Desconstruiu algumas de minhas visões de determinados elementos enquanto abriu meus olhos a outros detalhes. Com certeza meu aprendizado com este livro fará com que eu avalie as próximas leituras com mais detalhes!

“Parte da obrigação do leitor é descobrir por que certos escritores permanecem”

Para Ler Como Um Escritor - capaAutora: Francine Prose
Tradutor: Maria Luiza X. de A. Borges
Autor do Posfácio: Italo Moriconi
Editora: Zahar
Ano da publicação Original: 2006
Ano da Edição: 2008
Quantidade de Páginas: 320

Compre o livro

Comentários