Parece até incrível ver o ano de 2020 está prestes a acabar. Todo mês de dezembro recheia as conversas sobre o quanto o ano vigente foi pior de todos os anteriores, sob esperança de o próximo melhorar, mas no fim de 2019 poucos acreditavam na possibilidade de haver a pandemia e o quanto dificultou a vida de todos, ainda mais por causa desses poucos ainda descrentes na gravidade da doença e agravam toda a situação. Mesmo assim mantenho o ritual de dezembro, espero encontrar um mundo melhor em 2021, que a vacina nos ajude a ter mais segurança sanitária de sair de casa e diminuir o medo de trazer a doença a pessoas do grupo de risco, além de possibilitar projetos ousados de melhorar a vida ou novas experiências.

Pela primeira vez optei entrar em recesso nas postagens semanais deste blog, também revi conceitos sobre a interação social pela internet, esses ainda pendentes a reformular a presença digital do blog. Já de resto mantive a rotina, inclusive esta, a de listar as melhores leitura do ano.

Tive o menor número de leituras desde quando inaugurei o blog, e me orgulho delas do mesmo jeito. Nego a sobrecarregar pela quantidade a troco de corresponder rankings na internet poucos significativos na prática, e ainda aumentaria o risco de entregar o material abaixo do esperado. Estou cada vez mais exigente, afinal devo valorizar o tempo investido em livros capazes de proporcionar boa experiências. Por isso, confira agora quais foram as minhas Melhores XPs de Leitura em 2020:

10 ― Laços de Família

10 - Laços de Família

Eu tenho uma história em particular sobre a escrita desta autora a completar o centenário caso estivesse viva em 2020. Li Clarice pela primeira vez quando adolescente e detestei. A culpa foi minha, falhei por esperar resultados diferentes aos oferecidos pelos contos. As histórias tratam de rotinas escritas em reflexão a proporcionar novos olhares tais como a das protagonistas revelavam pelos fluxos de consciência, ou por despertar os horrores tão corriqueiros a ponto de precisarmos nos lembrar o quanto é grave. Por esses motivos, vale a pena o esforço de explorar as histórias desta antologia.

Compre o livro

9 ― Atômica

9 - Atômica

Esta graphic novel tem a proeza de tomar o elemento-chave do conto ― o de apresentar duas histórias ao mesmo tempo ― e acrescentar a surpresa do mistério revelado, fazer o leitor puxar a narrativa submersa e fundir todo o enredo, façanha ideal aos apreciadores de ficções policiais. O filme mantém o nível e acrescenta cenas de ação imersivas ― sem o jogo de câmera usado a disfarçar performances desagradáveis ― e trilha sonora da época presente por quase toda a duração do filme; só o final desvirtua do enredo original, talvez por ser polêmico demais ao público de cinema.

Compre a Graphic Novel

8 ― O Iluminado

8 - O Iluminado

E Stephen King aparece por aqui de novo, desta vez pelo livro a conquistar a minha preferência entre os livros já lidos, apesar de este figurar num ranking inferior aos dos demais ― como eu disse, ando cada vez mais exigente, e encontro livros a suprir esta demanda. Eu admirei a construção de suspense neste romance a ponto de elaborar uma matéria no blog Ficções Humanas focado nisso, exemplo do quanto a leitura agradou e ainda foi útil a conversar sobre a elaboração desse elemento importante da ficção.

Compre o livro

7 ― Story

7 - Story

Já é de praxe conferir livros técnicos sobre escrita tanto a melhorar minhas habilidades como autor, quanto a compreender melhor o porque de obras excelentes atenderem esta expectativa. Portanto eu teria de conferir Story, um dos livros mais mencionados entre os outros autores, e garanto ser bom o bastante a conquistar elogios de muitas pessoas. A proposta é discutir sobre as formas de enredo e aprender por si a elaboração de roteiros, dar autonomia a explorar maneiras de aprofundar a escrita em vez de seguir regras funcionais de outro autores.

Compre o livro

6 ― O Suicídio e sua Prevenção

6 - O Suicídio e Sua Prevenção

Eu procuro falar sobre suicídio e alertar autores que poderiam melhorar a discussão deste assunto ao escrever histórias desde o começo do blog, e busco conceitos a embasar as maneiras conscientes de tratar o assunto. No meio desta procura, encontrei o melhor conteúdo em O Suicídio e sua Prevenção. A abordagem didática é ideal a qualquer leitor aprender sobre a importância de tratar o suicídio como questão de saúde pública, sendo útil a autores refletirem os conceitos e adotá-los na hora de escrever histórias ou cenas dedicadas ao assunto, compartilhei dicas pelo blog Ficções Humanas graças a este livro.

Compre o livro

5 ― O Clube dos Suicidas

5 - O Clube dos Suicidas

O livro anterior também serviu de base a eu elaborar críticas ao longo do mês de setembro de ficções a tratarem do assunto em algum momento, e O Clube dos Suicidas foi o único capaz de atender minhas expectativas. Também reconhecido entre as primeiras histórias de investigação escritas, esta novela leva o nível de raciocínio dos protagonistas ao limite, arriscando as próprias vidas caso falham em prever os atos dos adversários. Publicado no fim do século XIX, a abordagem quanto ao suicídio surpreende por ter mais consciência quando comparada a obras recentes, pois essas deveriam ter conhecimento acessível ao assunto.

Compre o livro

4 ― A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça

4 - A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça

A campanha de financiamento coletivo proposto pela editora Wish superou todas as expectativas e garantiu inúmeras vantagens pelas metas estendidas e alcançadas ao longo da campanha. O resultado foi o acréscimo de novas novelas além a da história principal, essas tão boas quanto ao demonstrar a qualidade de Washington Irving em explorar as narrativas folclóricas e tornar as próprias vivas de contadores verossímeis de causos estadunidenses sob influência de lendas europeias.

Compre o livro

3 ― Caetés

3 - Caetés

Graciliano Ramos volta ao pódio do XP Literário. Primeiro livro publicado pelo autor, cujo protagonista reflete críticas pertinentes até a aspirantes a escritores de hoje, quase um século depois de escrito. O protagonista narra a própria história sem ter consciência de suas contradições impostas por Graciliano e que os leitores atentos podem inferir por meio dos ensaios reunidos nesta nova edição da editora Record.

Compre o livro

2 ― A Morte de Ivan Ilitch

2 - A Morte de Ivan Ilitch

A Antofágica se destaca em renovar histórias de domínio público num trabalho moderno e de identidade única desta editora. O título já avisa como a história acaba, o prefácio disponível da edição também explica de o leitor poder sentir a morte do personagem, e nada disso estraga a experiência de leitura, pois a escrita de Tolstói provoca tamanha sensação só por meio das palavras. Antes do ápice, a novela explora a condição social de servidor público russo daquela época, explora ainda o dilema feminino da esposa sujeita à união do protagonista, e escancara quanto mesmo na morte de um, a vida dos outros continua.

Compre o livro

1 ― As Intermitências da Morte

1 - As Intermitências da Morte

E outro autor português conquista o espaço de melhor leitura do ano, embora eu acredite poucos queixariam de este autor ser José Saramago. O jeito próprio de escrever fornece a leitura singular, desafiadora e ao mesmo tempo prazerosa de conferi-la funcionar diante dos olhos enquanto acompanha as consequências de um lugar onde a morte deixa de tirar vidas. Quando tem a impressão de o autor ter explorado o bastante da premissa, ele provoca o tumulto que transforma o objetivo da história em outro enquanto aproveita a explorar novas perspectivas descobertas neste ponto de virada.