Tag: melhores

Melhores XPs Literários de 2019

O momento chegou! Deixamos o ano atrás, agora um tempo apenas de lembranças e muitas leituras, as quais algumas destacam entre os melhores XPs Literários de 2019. Oitenta ― sim, oitenta ― livros finalizados recebem a oportunidade de entrar em destaque nesse ano recém acabado, na verdade parte desta quantia já foi considerada e entrou no pódio do blog Ficções Humanas, e aqui os livros competidores devem ter passado por resenha neste blog ao longo de 2019,  e isto ainda deixa a disputa acirrada, com mais de cinquenta competidores!

A lista funciona igual o ano passado, primeiro vem a lista das melhores leituras do segundo semestre de 2019 com breve comentário do motivo de ser o melhor, então ao fim da postagem tem a lista definitiva dos melhores do ano, levando em consideração os livros eleitos no primeiro semestre. Sem mais delongas, vamos aos finalistas do segundo semestre:

10 – Lovestar

LoveStar - resenha

Esta ficção científica tem argumentos tão inteligentes a ponto de virar insanos! A sanidade foge da descrição do autor ao elaborar conflitos absurdos a partir da tecnologia imaginada pelo autor. Deve aproveitar a leitura com a mente aberta, assim desfrutará dessa escrita maluca e ainda assim entendível ― quer dizer, certo ponto da história fica inviável compreender dado o nível da maluquice, mas faz parte da experiência.

Resenha no blog
Link de compra

9 – A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison

Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison

Só mesmo um autor brasileiro muito criativo poderia escrever esta história steampunk tomando personagens de obras clássicas da ficção nacional. A escrita reflete na época onde a história acontece, desde a ortografia até o modo de falar dos personagens, e o autor ainda ousa alternar a narrativa em primeira pessoa de um a outro, moldando as frases conforme a personalidade do narrador e do meio onde é gravado esta narrativa epistolar. É uma viagem literária por meio das obras homenageadas.

Resenha no blog
Link de compra

8 – A Balada de Black Tom

A Balada de Black Tom

“Se tanto critica, por que não faz melhor?”, um argumento tosco por ignorar a capacidade de crítico que desenvolve qualidades distintas as do autor cujo livro foi analisado. Pelo menos serve quando compara outro autor, e Victor Lavalle de fato entregou uma adaptação capaz de superar a inspiração original. A Balada de Black Tom reconta a história de O Horror em Red Hook, usando dos personagens originais além do protagonista elaborado pelo Lavalle ao apresentar a perspectiva da pessoa negra na história do universo de Lovecraft, tece críticas ao racismo do autor e reaproveita os elementos deste ao criar a sua versão da história.

Resenha no blog
Link de compra

7 – O Gato Preto

O Gato Preto - resenha

Igual o anterior, reaproveita a história clássica de terror, desta vez a adaptando aos quadrinhos. Imagens e textos se complementam ao pintar a história do narrador condenado à morte, atormentado pelos simbolismos trazidos pelo seu animal de estimação tão amado. A história oferece informações ao leitor e deixa outras em aberto de propósito a permitir cada um tirar suas conclusões enquanto vê as ilustrações criativas, nascidas da inspiração do conto original.

Resenha no blog
Link de compra

6 – Um Banquete Para Deuses Mortos

Um Banquete Para Deuses Mortos - resenha

E Gleyzer Wendrew aparece em outra lista entre os melhores do semestre com esta história sobre  o vampiro Drácula, um ser considerado deus nesta história. Uma história curta de enredo composto de forma criativa pelo autor, sem deixar de lado as qualidades descritivas quando trata de contar como o sangue flui sob o ataque das vítimas dilaceradas.

Resenha no blog
Link de compra

5 – Desafiadores do Destino

Desafiadores do Destino

Outra HQ conquista esta lista, e ao lê-la é fácil perceber os motivos. Esta aventura steam fantasy é rica em mitologia ao criar a trama onde o grupo de guerreiros deve cumprir sua missão enquanto divide os quadros para apresentar o contexto deles, e ainda assim consegue entregar do melhor e na medida certa.

Resenha no blog
Link de compra

4 – Sons da Fala

Sons da Fala - Resenha

Foi o conto de estreia do Projeto Cápsulas da editora Morro Branco, jamais poderia começar com escolha melhor. Responsável por trazer as histórias de Octavia E. Butler no Brasil, vemos em Sons de Fala as qualidades narrativas da autora nesta história sucinta, de descrição objetiva e ainda capaz de chocar. Ainda leu nenhuma história da Octavia? Aproveita este conto disponibilizado de graça pela Morro Branco e conheça as qualidades da autora.

Resenha no blog
Acesse o conto

3 – Memórias Póstumas de Brás Cubas

Memórias Póstumas de Brás Cubas - resenha

Um personagem contando a própria história depois de morto, é esta a premissa do livro de Machado de Assis que soube aproveitar da situação criada e elabora a narrativa distinta por conta da perspectiva excepcional do narrador. Mesmo sendo publicada gerações atrás, ainda é capaz de divertir ao acompanhar os relatos ditos pelo protagonista no ponto de vista enviesado dele, possibilitando interpretações conforme o assimilado pelo leitor, e o próprio Brás Cubas brinca com isso em certos capítulos, supondo reações dos leitores ao longo do livro.

Resenha no blog
Link de compra

2 – O Auto da Maga Josefa

O Auto da Maga Josefa - resenha

Aqui destaca duas qualidades dos autores brasileiros: a criatividade e o regionalismo nacional. A história acontece em alguns lugares do nordeste brasileiro, com situações cheias de fantasia, capaz de proporcionar ótimos momentos de humor sem deixar de denunciar as dificuldades vividas pelas pessoas locais.

Resenha no blog
Link de compra

1 – S. Bernardo

S. Bernardo

Falando do nordeste, um autor alagoano conquista o primeiro lugar das melhores leituras do semestre. A história de S. Bernardo acontece no interior de Alagoas, narrada pelo próprio protagonista em busca de refletir atitudes passadas. Graciliano Ramos nos entrega o protagonista não para concordar ou inspirar, a proposta é refletir as questões envolvidas ao homem de campo, este influenciado a agir feito tal, e capaz de agir além quando tem mais oportunidades, apesar de ainda possuir pouco discernimento.

Resenha no blog
Link de compra

Menções Honrosas:

Ninho de Cobras: entrega narrativa singular, desafiante e moldada com a intenção da prosa do autor
Favela Gótica: mistura os monstros mitológicos com as camadas sociais brasileiras de modo claro e excepcional
Adágio: pelo ótimo uso da ficção científica ao tratar de assuntos vigentes

Uma lista diversa, com certeza! De sci-fi a terror; quadrinhos, romances, e até conto. O mais impressionante: os três primeiros colocados do semestre são livros nacionais! Sem parcialidade, Machado de Assis, Graciliano Ramos e Paola Siviero demonstraram qualidade na escrita a ponto de serem bem elogiados nas resenhas e tiverem pontuação máxima no Skoob e Amazon por mim. É um orgulho ver livros de conterrâneos conquistando as primeiras posições, sendo um deles ainda de autora contemporânea. Quem sabe em 2020 o pódio seja de autores brasileiros atuais? Será difícil, pois ainda pegarei livros de brasileiros clássicos e valiosos, bem como excelentes romancistas estrangeiros; o melhor a fazer é torcer.

Os melhores de 2019

Antes de dar a lista definitiva, lembremos dos finalistas do primeiro semestre, os quais competem com os dez destacados acima:

10 – A Arte de Escrever
9 – Medo Clássico – Edgar Allan Poe Vol. 1
8 – Mago e Vidro
7 – Ordem Vermelha – Filhos da Degradação
6 – A Pirâmide Vermelha
5 – Para Ler Como um Escritor
4 – A Revolução dos Bichos
3 – Fahreinheit 451
2 – Araruama – O Livro das Sementes
1 – Duologia Semente da Terra

Sem quadrinhos e nenhum clássico brasileiro, e os concorrentes continuam sendo de peso. A hora é agora, as melhores experiências de leitura do ano 2019 são:

Melhores XPs Literários de 2019

5 – Fahreinheit 451
4 – O Auto da Maga Josefa
3 – S. Bernardo
2 – Araruama – O Livro das Sementes
1 – Duologia Semente da Terra

E os melhores do primeiro semestre conquistaram os dois primeiros lugares de todo ano. Parabéns ao Ian Fraser por ser o autor brasileiro que mais chegou longe na classificação. E uma congratulação excepcional à editora Morro Branco por enfim trazer essa duologia da Octavia E. Butler ao Brasil, vinte anos após a publicação original nos Estados Unidos ― antes tarde do que nunca ―, e só agora tivemos a oportunidade de conhecer sua escrita, destrinchando críticas sociais, ambientais e políticas por meio desta distopia em dois volumes.

Por hoje é só. No fim deste semestre veremos quais leituras se destacarão ao longo de 2020. As expectativas são altas, pois a literatura é igual o universo, infinito em obras com qualidade excepcional.

Melhores XPs Literários do Primeiro Semestre de 2019

O primeiro semestre do ano chega ao fim e tenho motivos para ficar animado. Li quarenta livros nesta primeira metade do ano, e agora tenho a chance de compartilhar quais foram as minhas leituras favoritas do ano até agora! Muitos livros me impressionaram neste ano, cujas qualidades até dificultaram na hora de escrever a resenha, por sintetizar os melhores pontos na análise e mantê-la concisa na leitura.

Antes de listar minhas melhores experiência de leituras, devo fazer algumas observações. Primeiro é que este ano eu comecei a colaborar no Ficções Humanas com resenhas também. Os livros analisados por lá foram desconsiderados na classificação deste blog, pois pretendo fazer a lista com as melhores leituras dedicadas aos Ficções no fim do ano. O outro detalhe é de ainda haver livros lidos por mim com resenha não publicada, então esses concorrerão no segundo semestre de 2019.

Preparado? Confira quais obras chamaram a minha atenção!

10 – A Arte de Escrever

A Arte de Escrever - Resenha

Começando com a seleção de ensaios sobre a escrita do filósofo alemão Arthur Schopenhauer. As críticas afiadas são pertinentes até hoje, séculos após da concepção das mesmas. Quando digo pertinentes, é longe de abaixar a cabeça diante de toda análise ríspida disponível neste livro, na verdade é útil a refletir e debater quais pontos continuam relevantes mesmo hoje. Assim fiz no blog Ficções Humanas ao escrever o artigo sobre a importância das traduções frente as críticas de Schopenhauer dispostas neste livro.

9 – Medo Clássico – Edgar Allan Poe Vol. 1

Edgar Allan Poe: Medo Clássico Vol. 1 — Resenha

Outro autor que “vive” por séculos graças aos textos. Edgar Allan Poe é famoso pelos contos de terror e suspense, é possível termos a amostra de sua qualidade por meio desta coletânea preparada pela editora Darkside, reunindo três contos em cada um dos cinco temas, o poema The Raven junto com as traduções de Machado de Assis e Fernando Pessoa, além de conteúdos exclusivos desta edição com homenagens ao autor.

8 – Mago e Vidro

Mago e Vidro - resenha

O quarto volume da saga Torre Negra entra na classificação das melhores leituras. O livro retrocede na linha do tempo e conta uma passagem importante na vida de Roland, esta essencial para compreender o que espera dos personagens acompanhados do Pistoleiro na jornada à Torre Negra. Este calhamaço de ótimo conteúdo é excelente na construção de personagens e por levar a história adiante.

7 – Ordem Vermelha: Filhos da Degradação

Ordem Vermelha: Filhos da Degradação - resenha

Olha o livro brasileiro provando a capacidade de estar entre os melhores! Filhos da Degradação é o primeiro volume da duologia Ordem Vermelha, fantasia épica elaborada por Felipe Castilho com um excelente time de edição por trás. A história conta sobre o domínio opressor na cidade de Untherak, cuja soberana é a deusa Una. Os protagonistas são diversos quanto a origem e objetivo, mas todos se unirão sob a tutela de Aparição.

6 – A Pirâmide Vermelha

A Pirâmide Vermelha - resenha

Saímos da história dominada por uma deusa e entramos nesta aventura cheia de divindades egípcias! A Pirâmide Vermelha é o início da trilogia As Crônicas dos Kane, uma das várias sagas escritas pelo Rick Riordan, escritor famoso pelas histórias baseadas na mitologia e com protagonistas adolescentes. A Pirâmide Vermelha acerta em tudo, com ótimas cenas de ação e descrições da cultura e mitologia retratada neste trabalho. O segundo volume deixou a desejar quanto ao conteúdo mitológico, motivo do primeiro volume merecer o destaque.

5 – Para Ler Como Um Escritor

Para Ler Como Um Escritor - resenha

Começo a listar a segunda metade das melhores leituras com outro livro técnico. Para Ler Como Um Escritor propõe a realizar a leitura atenta enquanto a autora Francine Prose compartilha as experiências e aprendizado dela nos trechos de obras disponíveis ao longo de todo o livro. É possível aproveitar muito desta leitura para aprimorar a própria escrita, e a edição brasileira tem o bônus com conteúdo dedicado à leitura da literatura brasileira quanto as particularidades dos textos produzidos aqui.

4 – A Revolução dos Bichos

Este clássico está cheio de sátiras e críticas pontuais a determinado regime totalitário, muitas pertinentes a qualquer governo suscetível a mesmas falhas, independente de viés ideológico. De linguagem simples, funciona como uma fábula em que os animais de determinada fazenda representa a população do país criticado. A progressão dos eventos impressiona mesmo ao saber o desfecho da obra, por acompanhar toda a construção do enredo até a conclusão da história.

3 – Fahreinheit 451

Fahrenheit 451 - Melhores XPs

Este livro quase atingiu o primeiro lugar desta lista, confesso que eu gostaria de colocá-lo ali devido ao impacto de enxergar a atualidade nesta distopia escrita na primeira metade do século XX. Fahrenheit 451 fala da decadência no interesse por livros em troca da assimilação espontânea de conteúdo. As consequências desta realidade só são vistas ao enxergar além do habitual, e quem consegue descobre o quão perturbador pode ser. O livro tem falhas, o autor força o seguimento do enredo ao demonstrar o argumento do romance, este que todos deveriam dar a chance de conferir antes de vivermos algo paralelo a esta distopia.

2 – Araruama – O Livro das Sementes

Araruama: Livro das Sementes - Melhores XPs

Já disse neste blog como eu adoraria ver algum livro brasileiro no topo das minhas leituras favoritas, e O Livro das Sementes chegou perto. O primeiro volume de Araruama me impressionou pela qualidade de escrita do Ian Fraser, por conseguir mesclar o idioma da civilização retratada com a nossa linguagem e criar expressões singulares ao longo da leitura. A escrita é rica em significado e linda no ritmo. Ainda devo a leitura da continuação que foi sucesso no financiamento coletivo ano passado, e quero me impressionar outra vez com o texto deste escritor.

1 – Duologia Semente da Terra

Duologia Semente da Terra - Melhores XPs

O primeiro lugar não fica com apenas um livro, mas dois! A Parábola do Semeador e A Parábola dos Talentos se igualam em qualidade e entregam a história emocionante de Lauren Olamina. A distopia mostra a especulação de um futuro próximo e transtornado pela crise ambiental que levou a problemas sociais e políticos. Narrado em forma de diário da protagonista, explicita cada dificuldade passada por Lauren, cenas violentas e difíceis de testemunhar, choca os leitores menos sensíveis. Os livros da Octavia E. Butler demoraram a chegar no Brasil, esta duologia publicada nos anos 90 só chegou aqui no ano passado, pelo menos chegou na melhor hora, pois muitas situações mostrados nos dois livros refletem em nossa realidade, inclusive brasileira.

Menções Honrosas

Fica aqui a menção de excelentes livros tal como os dez acima:

Primeira Edição da Revista A Taverna: uma excelente iniciativa do blog de literatura fantástica A Taverna que soube escolher muito bem os cinco contos presente nesta pequena antologia;

Crônicas de Espada e Feitiçaria: outra antologia fantástica, esta com grandes nomes da literatura mundial, alguns com obras indisponíveis até então no Brasil;

Homo Deus: A continuação de Sapiens traz muitas reflexões sobre a evolução da ciência e tecnologia atual e de como isso pode afetar o futuro.


Ufa! A lista chega ao fim. Agora resta aguardar o fim do ano, onde terá mais dez livros selecionados no segundo semestre e no fim listo quais desses entrarão na lista definitiva de melhores XPs Literários do ano de 2019. Conhece todos os livros citados? Recomenda algum fora desta lista? Fique à vontade e fale de suas próprias experiências de leitura!

Melhores Experiências Literárias de 2018

Por bem ou por mal, 2018 acabou. O primeiro ano de experiências literárias com o blog, e apenas isso já fez esse ano valer a pena. O compromisso com as resenhas me fez ler mais livros e aproveitar melhor cada leitura, analisar pontos fortes e fracos de cada obra e compartilha-los por aqui.

Fechei 2018 com 62 livros concluídos, a maioria com resenha disponível no blog. Agora é a hora de ver quais dessas obras merecem destaque, na minha opinião.

Já fiz a lista com as melhores leituras do primeiro semestre. Os cincos livros premiados dessa lista estão classificados para concorrer entre os melhores do ano, são esses: Desonra (J.M. Coetzee), Deuses Caídos (Gabriel Tennyson), A Ascensão do Alfa (Clecius Alexandre Duran), 1984 (George Orwell) e A Escolha dos Três (Stephen King).

Apresento a seguir as cinco melhores experiências de leitura do segundo semestre de 2018, e no fim deixo a classificação definitiva do ano.

Os Cinco Melhores do Segundo Semestre

A Dança dos Mortos

A Dança dos Mortos - Resenha

Com resenha publicada já em 2019 apesar de lido entre os dias de natal e ano novo. Gleyzer Wendrew aproveitou do que foi apresentado no primeiro volume d’As Crônicas da Aurora e caprichou na escrita de sua continuação! A violência explícita exige leitores de estômago forte, o continente de Dünya é recheado de sangue e mortes imprevisíveis numa leitura fluida e criativa.

A Fúria dos Reis

A Fúria dos Reis

George R. R. Martin é trapaceiro em conquistar as listas das melhores leituras, não? O gigantesco e complexo mundo de Westeros justifica esta conquista. Os reis explodem com as ambições particulares e desencadeiam a disputa pelo trono de ferro governado por Joffrey, um garoto cujo poder de herança é indigno, segundo alguns.

O Cavaleiro da Morte

O Cavaleiro da Morte - título

Outro romance de cavalaria, este de ficção histórica baseado no rei saxão Alfredo e a guerra contra os guerreiros nórdicos. Bernard Cornwell sabe mostrar batalhas e provocar cheiros de carnificina através da escrita. Neste segundo volume de As Crônicas Saxônicas, Uhtred deve escolher em qual lado lutar na guerra, as opções são entre uma vitória improvável ou morte certa.

Clube da Luta

Clube da Luta

Já adaptado aos cinemas, Clube da Luta rendeu sucesso ao escritor Chuck Palahniuk, conquista muitíssima justa! Usando a narrativa em fluxo de consciência combinada ao enredo e a situação do protagonista, este livro surpreendeu como há muito não acontecia comigo.

Homens Imprudentemente Poéticos

Homens Imprudentemente Poéticos - título

E nesta lista com maioria de histórias violentas e ambiente medieval europeu, eis aqui o livro sobre cultura japonesa feito em prosa poética escrita por Valter Hugo Mãe. Duzentas páginas de composição literal impressionam com o olhar distinto sobre a cultura japonesa, e a abordagem quanto a floresta dos suicidas no Japão deve servir de exemplo por quem pretende falar de locais semelhantes.

Menções Honrosas do Segundo Semestre

Mais alguns livros merecem destaques entre minhas leituras do segundo semestre, mesmo ficando fora da lista definitiva. São esses:

Sapiens – Uma Breve História da Humanidade
Resenha
Compre o livro

O Pequeno Príncipe
Resenha
Compre o livro

Dom Quixote
Resenha

Os Melhores de 2018

Os candidatos foram apresentados junto com os cinco do primeiro semestre. Chega a hora de revelar a lista definitiva dos melhores de 2018 (rufem os tambores!). Confira:

#10 Desonra
Resenha
Compre o livro

#9 Deuses Caídos
Resenha
Compre o livro

#8 A Dança dos Mortos
Resenha
Compre o livro

#7 A Ascensão do Alfa
Resenha
Compre o livro

#6 A Fúria dos Reis
Resenha
Compre o livro

#5 1984
Resenha
Compre o livro

#4 A Escolha dos Três
Resenha
Compre o livro

Classificação dos melhores de 2018
A Classificação até agora

#3 O Cavaleiro da Morte
Resenha
Compre o livro

#2 Clube da Luta
Resenha
Compre o livro

#1 Homens Imprudentemente Poéticos
Resenha
Compre o livro

Os Três Melhores de 2018

Parabéns ao Valter Hugo Mãe por publicar o livro vencedor do Melhor XP Literário de 2018! Clube da Luta me surpreendeu, mas Homens Imprudentemente Poéticos provocou uma leitura ímpar na minha vida. Fora da minha área de conforto, teve o desafio de me agradar dentre tantos exemplos de literatura fantástica lidos por mim este ano. Este livro foi além e superou todos eles.

Fiquei impressionado quando li cada livro desta lista, não chegaram aqui à toa! Agora fiquem à vontade em citar os seus livros favoritos de 2018 nos comentários. Podem ser os mesmos livros em ordem diferente, sem problema algum, afinal cada leitor tem gosto próprio e a diferença estimula a troca de experiência.

Que todos tenham um ótimo ano cheio de alegria, conquistas e leituras!

© 2020 XP Literário

Theme by Anders NorenUp ↑